Disneyland Paris

Localizada a pouco mais de 30 km do centro de Paris, a Disneyland é a atração mais visitada de toda Europa e possui dois parques, o Disneyland Park e o Walt Disney Studios. Como tínhamos poucos dias na cidade resolvemos fazer os dois parques no mesmo dia, mas se estiver com mais tempo recomendo fortemente aproveitar um de cada vez, pois por mais que se assemelhem aos demais parques ao redor do mundo, cada parque da Disney é único e possui um charme particular.

Os parques são lindos e possuem um charme europeu que os diferencia e muito dos demais. Fomos no dia 25 de dezembro, em pleno natal, não achei tão lotado para um dia especial, talvez o inverno pesado tenha contribuído para isso. O wifi no parque é bem meia boca, então o ideal é ter seu chip internacional para não ficar sem internet. Baixe o aplicativo do parque antes de sua visita, nele você irá verificar atrações, tempo de fila e todo o mapa do parque.

Algumas atrações possuem a opção de Fast Pass, o fura fila da Disney, sendo que ele é um ticket em papel com hora marcada retirado em frente as atrações. Outra facilidade para se curtir as atrações mais rapidamente é a opção de Single Rider, onde você pode ir sozinho sem seu grupo ou acompanhante.

Ingressos

Compramos os ingressos da Disneyland Paris no site Parques e Ingressos. O ticket foi o de um dia para dois parques e custou na época $ 115,00 dólares por pessoa.

Como Chegar na Disneyland Paris?

Há três maneiras de chegar a Disneyland, carro, ônibus ou metrô. Verifique no seu hotel se eles disponibilizam ônibus para a Disney, no nosso caso não havia, então escolhemos o meio mais barato, de metrô. É só seguir para a estação Marne-la-Vallée/Chessy, que para em frente ao complexo Disney, é a ultima parada do metrô. Lembre-se que os parques ficam em outra cidade, então planeje bem seu tempo para não perder nenhum minuto, de onde estávamos, em Pigalle, o trajeto durou quase uma hora. Geralmente o horário de abertura é às 10 h, mas é importante sempre verificar no site oficial como será a programação no dia escolhido.

Os Parques

Quando descemos do metrô e chegamos em frente ao parque, confesso que não contive as lágrimas, era muito mais que um sonho conhecer outra Disney, em outro lugar do mundo e em tão pouco tempo, era meu segundo compelxo disney, logo após os parques de Orlando. Como íamos fazer os dois parques no mesmo dia, optamos por deixar o principal, o Disneyland, por último devido ao show de fogos no castelo e também porque fecha mais tarde. Os parques ficam bem próximos um do outro, de maneira que não é preciso transporte para se deslocar entre eles.

Alimentação nos Parques

Os restaurantes costumam ser bem cheios, principalmente quando se é um lugar para se esconder do frio, por esse motivo não ficamos procurando por muito tempo nem mesmo escolhendo o que comer. No Walt Disney Studios comemos no Restaurant des Stars, nossas companheiras de viagem pediram sopa e nós um sanduiche gigantesco.

Já no Disneyland Park jantamos pizza na Pizzeria Bella Notte, o local é lindo, ambientado no filme A Dama e o Vagabundo é cheio de detalhes, realmente muito lindo e a pizza bem gostosa.

Pelo parque tem vários quiosques com snacks e pipoca, aproveitamos um deles e compramos um chocolate quente que vinha num lindo copo comemorativo dos 25 anos do parque, valeu super a pena.

Walt Disney Studios

Começamos então pelo Walt Disney Studios, todo ambientada da temática cinema, lembra o Hollywood Studios em Orlando. Em sua entrada uma gigante caixa d’água com orelhinhas do Mickey, ao passar pelo portão você encontrará um local cheio de restaurantes e lojas e em seguida a famosa estátua de Walt Disney com sua mais famosa criação, o Mickey.

Áreas do parque

Esse foi o parque mais aleatório que já fizemos, por ter que fazer dois parques no mesmo dia acabamos não seguindo um roteiro de atrações, o que fizéssemos estaria de bom tamanho para nós. O parque é dividido em quatro áreas, a Front Land que é justamente toda essa parte da entrada, com lojas e restaurantes, ela não possui nenhuma atração. A Production Courtyard, Backlot e Toon Studios . Seguimos as atrações nessa sequência de lands.

Atrações

  • The Twilight Zone Tower of Terror – De longe se avista sua imponente torre, mais tradicional impossível, o famoso elevador que despenca de repente. Sempre muito bom de se fazer, a fila estava pequena, então com certeza imperdível.
  • Rock’ n’ Roller Coaster starring Aerosmith – Infelizmente essa atração não existe mais no Walt Disney Studios, quando fomos a fila marcava apenas 5 minutinhos, era igual a que existe em Orlando, a montanha russa do Aerosmith. O último dia de funcionamente dela foi em 1 de setembro de 2019, e dará lugar um nova atração temática do Homem de Ferro, que deve estrear em 2021 juntamente com toda uma nova área dedicada a Marvel.
  • Toy Soldiers Parachute Drop – Inspirado nos soldadinhos de Toy Story, essa atração é uma espécie de elevador que fica subindo e descendo, mas mesmo sendo alto não é radical. É bem divertido e a melhor parte é ter um visão panorâmica de todo o parque quando se está lá em cima.
  • Crush’s Coaster – Pra mim a melhor atração do parque. Montanha russa do Crush, a tartaruga do filme Procurando Nemo, é sem dúvida muito divertida, são giros inesperados entre subidas e descidas, não chega a ser radical mas assusta um pouco pelas surpresas de direção no caminho.
  • Ratatouille: L’Aventure Totalement Toquée de Rémy – Única atração que pegamos Fast Pass, a fila não estava tão grande mas já que tem a opção por que não? E mesmo que não consiga o Fast Pass não deixe de ir nessa atração, ela é linda! É um simulador onde de certa forma você vira um ratinho e passa por diversas aventura do filme Ratatouille. É encatadora!

Essas foram as atrações que conseguimos fazer no Walt Disney Studios, mas há ainda várias outras que com certeza valem a pena, infelizmente com nosso tempo curto não tivemos oportunidade. Há também shows em teatros como o Mickey and the Magician, um espetáculo comandado pelo Mickey e também encontro com personagens, lembre-se de baixar o aplicativo para se informar sobre tudo isso com horários e locais.

Disneyland Park

Por voltas das 16 horas deixamos o Walt Disney Studios e seguimos para o Disneyland Park, logo na entrada você fica impactado com tamanha beleza, o grandioso Disneyland hotel no estilo europeu que dá um charme todo diferenciado e no inverno parece ficar ainda mais lindo. Você vai querer tirar muitas fotos e aproveitar cada ângulo e detalhe daquela maravilha. Fico imaginando o valor de uma diária naquele hotel dentro do parque, deve ser uma experiência incrível.

Um detalhe importante é que na época que fomos a Disneyland estava completando 25 anos, então além de toda ornamentação de natal ainda tinha toda essa temática de sua idade.

A Main Street estava linda com a decoração de natal. Como chegamos tarde nesse parque ele já se encontrava super lotado, mas nada que nos impedisse de se divertir, afinal é Disney! O Castelo da Disney Paris é o da Bela Adormecida, ele é muito lindo, cheio de vitrais contando a história do filme e em seu calabouço há um enorme dragão, infelizmente por algum motivo o acesso ao calabouço estava restrito na época que fomos então não o vimos.

Como contei no post sobre nosso roteiro na Europa, estávamos acompanhados de três senhoras, que curtiram e muito cada momento dos parques dentro de suas limitações, alguns brinquedos elas tiveram medo e não foram, então antes de começar a pensar em ir a alguma atração fomos dar uma volta com elas pelo parque, como estava muito frio acabaram decidindo não caminhar muito e voltaram para a Main Street onde ficaram confortáveis em um café. Luam e eu então partimos na missão de encontrar atrações interessantes e com pouca fila.

O parque é dividido em 5 áreas, Main Street USA, Frontierland, Adventureland, Fantasyland e Discoveryland. Como falei anteriormente esses foram os únicos parques que não planejamos roteiro de atrações, mas tínhamos em mente algumas coisas. Geralmente corremos para a atração mais disputada, aqui seguimos sem rumo e sem direção e fomos vendo no que dava. Recomendo que você venha com um planejamento do que quer fazer, de quais atrações te interessam mais.

Atrações

  • Disney Stars on Parade – Foi a primeira coisa que vimos quando chegamos lá, a parada que acontece no final da tarde com diversos personagens, vale a pena procurar um lugar que lhe dê uma boa visão do espetáculo. Como era inverno vários carros soltavam flocos que simulavam neve.
  • Star Wars Hyperspace Mountain – Se você já esteve na Space Mountain dos EUA e pensa em não ir nessa por conta disso tire isso da cabeça, a Hyperspace Mountain de Paris é diferenciada, mais radical e com efeitos especiais mais elaborados, largada efeito estilingue e looping. É possível tentar Fast Pass ou até mesmo ir de Single Rider como fizemos, foi bem tranquilo o tempo de fila. Imperdível.
  • Buzz Lightyear Laser Blast – Com uma pistola a laser você ajuda o Buzz a destruir inimigos num tiro al alvo bem divertido. É igual a de Orlando mas com fila de 5 minutos não deu pra resistir.
  • Sleeping Beauty Castle – Como o nome já diz, o Castelo da Bela Adormecida além de ser símbolo do parque é também uma bela atração, você pode entrar nele sem fila alguma e apreciar seus murais e e vitrais maravilhosos que contam com cenas do filme. Nele há também algumas lojinhas e em seu calabouço está o famoso dragão da Malévola, infelizmente quando fomos por algum motivo a área do subsolo estava sem funcionar, de forma que não vimos o dragão.
  • Blanche-Neige et les Sept Nains – Um carrinho lhe leva por cenários do filme Branca de Neve e os Sete Anões, é bem bonitinho e muito bem feito. Vale a pena.
  • Pirates of Caribbean – O barco vai passando por cenários do filme Piratas do Caribe, é bem parecido com a atração de Orlando mas é um pouco mais longa e detalhada.
  • Phantom Manor – Versão francesa da Haunted Mansion, a mansão mal assombrada com cenários sombrios. Confesso que entramos sem saber do que se tratava mas logo que chegamos na “sala” lembramos, não é uma das nossas atrações favoritas mas serviu para descansar, além do mais a versão europeia parece ser mais realista, impressionante como fazem parecer que realmente são pessoas ali.
  • Big Thunder Mountain – A montanha russa de madeira presente também em outros parques, eu não sei dizer se era o frio mas achei ela mais longa que a de Orlando. Estava congelante, já era noite e com a velocidade dos carrinhos o frio parecia cortar nossa pele. Se faria de novo? Com certeza!

Essas foram as atrações que conseguimos fazer com nosso tempo curto, até que foi um bom número mas há muitas outras atrações interessantes pelo parque, além de encontro com personagens e shows em frente ao castelo.

Show de Fogos da Disneyland Paris

O Illuminations é o show noturno do parque, onde acontece a linda projeção no castelo e a queima de fogos. Esse show é exclusivo do Disneyland Paris, ou seja, não dá para perder. São 20 minutos de pura magia, com efeitos especiais e músicas clássicas da Disney. É realmente imperdível.

E assim se encerra nosso delicioso passeio de dois parques em um dia. Deu para aproveitar bastante mas nunca é a mesma coisa de um dia inteiro num parque, então se tiver oportunidade reserve um dia para cada um deles. O importante é curtir e aproveitar ao máximo cada momento vivido nesse lugar mágico que é a Disneyland Paris.

Para saber mais sobre outros parques clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.