Planejamento da Viagem Paris e Portugal

O nascimento da ideia

A ideia da viagem pela Europa, nasceu através do desejo que Luam tinha de levar sua mãe para uma viagem incrível no período do aniversário dela (natal), como também de sua vontade de conhecer países da Europa, alinhado a meu sonho de conhecer uma outra Disney diferente da que já havia conhecido anteriormente (Orlando). Juntando tudo isso, convergimos para a ideia de conhecer a capital da França, Paris. E aproveitando a oportunidade, conhecer outros países próximos e de fácil acesso. Foi aí que veio a ideia de viajar para Espanha (Barcelona e Madrid) e Portugal (Porto e Lisboa). Infelizmente, a época programada para a vigem coincidiu com os protestos referentes a separação da Catalunha do restante do país, gerando alguns conflitos e situações de tensão que fez com que decidíssemos por retirar a Espanha do roteiro e acrescentar mais dias em Portugal, acrescentando a cidade de Fátima.

Como transformar a ideia em realidade?

Bom, como surgiu a ideia já ficou claro, mas como transformá-la em realidade?

Primeiramente, tínhamos que ter bem claro que essa era uma viagem diferente da que costumávamos fazer, pois dessa vez tínhamos que pensar num roteiro que atendesse a minha sogra, que já é uma pessoa com uma idade superior a nossa, e que talvez também fosse interessante ter mais alguém de sua idade em nosso grupo, que fosse agradável e nos acompanhasse sem maiores problemas.

Conseguimos assim, mais duas amigas dela, e agora teríamos uma viagem de um grupo de 5 pessoas sendo 3 senhoras próximo aos 60 anos e nós dois.

Isso deve estar claro pois influencia na escolha de hotéis, passeios, mobilidade, alimentação e no dia a dia de forma geral.

Fizemos várias reuniões para decidirmos sobre as passagens, hotéis, passeios, dinheiro e roteiro. Elas eram bem tranquilas e deixavam basicamente para nós decidirmos, mas sempre gostávamos de mantê-las atualizadas sobre o que estávamos programando.

Tudo isso foi decidido no período de março de 2017, e iniciamos assim as pesquisas de passagens e hospedagens. Com isso, tiramos a média do gasto total por pessoa, onde as passagens ficariam de R$ 4.000,00, todos os trechos, o gasto com hospedagem ficaria em média R$ 2.700,00, o aluguel do carro R$ 400,00, mais nossa conta de U$ 75,00 para gastos diários (por 15 dias), daria um total de R$ 11.037,50 por pessoa, considerando o dólar na época de R$ 3,50 e um total de 15 dias de viagem por Paris, Porto, Fátima e Lisboa.

Sabendo do total, tínhamos que pensar em como juntar esse dinheiro, lembrando que ainda utilizamos o cartão de crédito para as compras das passagens e ingressos antecipados.

Tínhamos um total de U$ 2.000,00 dólares que sobraram da viagem dos EUA em 2016, então já não precisávamos nos preocupar com o dinheiro do dia a dia. Teríamos que juntar R$ 1.000,00 de Luam por 10 meses (R$ 10.000,00), juntei R$ 200,00 por 10 meses (R$ 2.000,00) mais o 13º dele (R$ 7.000,00) e o meu 13º (1.600,00), totalizando assim R$ 20.600,00, que ainda sobraram ao final da viagem, e já serviu para nossa ida à Ásia 2 anos depois.

Dessa forma já tínhamos um rascunho de roteiro, período, custo total e quanto deveríamos juntar. Sendo assim, decidimos que tínhamos viabilidade de fazer a viagem e tocamos assim o projeto para frente.

COLOCANDO O PLANEJAMENTO EM PRÁTICA

Como falei anteriormente, com toda a situação de incertezas e conflitos dentro da Espanha, preferimos tirá-la do roteiro e o mesmo ficou da seguinte forma:

Paris – 6 diárias
Porto – 2 diárias
Fátima – 1 diária
Sintra – 1 diária (cancelada durante a viagem e transformada em uma diária a mais em Fátima, explicamos melhor o motivo no post da cidade.
Lisboa – 4 diárias
Salvador – 1 diária (descanso no retorno)

Fizemos todas as nossas reservas utilizando o booking.com, mas geralmente pesquisávamos também no tripadvisor e trivago, principalmente o tripadvisor para ver os comentários. Costumamos sempre fazer a reserva que não necessite de pré-pagamento e com cancelamento gratuito, pois sempre continuamos pesquisando até próximo da viagem e geralmente até conseguimos reduzir os custos.

Em relação as passagens estávamos pesquisando nos sites da Decolar, Kayak, Submarino Viagens e Google Flights. Pesquisávamos comprando ida e volta juntos, saindo da mesma cidade, pesquisávamos trechos separados e por diferentes entradas, entrando por Paris e saindo por Lisboa, ou entrando por Lisboa e saindo por Paris. Até que no dia 13 de maio de 2017 encontramos uma boa oportunidade de compra das passagens e caproveitamos, os valores foram (por pessoa):

Salvador – Paris: R$ 1.496,90
Paris – Porto: R$ 523,91
Lisboa – Salvador: R$ 1.651,00
Total por pessoa: R$ 3.671,81

Fizemos as seguintes reservas todas com o valor total de 1 quarto duplo e 1 quarto triplo em euro, na época fazíamos a conta de 1 euro valendo R$ 4,14:

Paris: € 1.336,00 ( R$ 5.531,04, 6 diárias, hotel muito bom e bem localizado)
Porto: € 210,00 ( R$ 869,40, 2 diárias, hotel simples, bem localizado)
Fátima: € 181,00 ( R$ 749,34, 2 diárias, hotel excelente e muito bem localizado)
Lisboa: € 458,00 (R$ 1896,12, 4 diárias, hotel com banheiro compartilhado, bom e bem localizado)
Salvador: R$ 361,80 (hotel excelente e bem localizado)
Total por pessoa: R$ 1.881,54


OBS: Explicações de cada hotel daremos quando estivermos falando de cada cidade.

Fizemos também as compras antecipadas de ingressos e passeios para evitar filas e pagar ainda antecipado aqui no Brasil e dividido no cartão. O que compramos foi (todos os valores por pessoa):

Ingresso da ópera bastille (espetáculo Don Quixote): € 21 (R$ 86,94)
Ingresso da Disney: US$ 115,00 (R$ 402,50)
Ingresso Torre Eiffel: € 17 (R$ 70,38)
Ingresso Museu do Louvre: € 20,00 (R$ 82,80)
Tour por paris e passeio pelo Rio Sena: € 38,00 (R$ 157,32)
Total por pessoa: R$ 799,94

As cotações e comparações de preços do seguro viagem foram feitos através da empresa Real Seguro Viagens, fizemos as cotações no site e depois mantivemos o contato pelo whatsapp até fecharmos o negócio. Não precisamos utilizar o seguro, graças a Deus, mas parece ser uma empresa séria. Essa é uma agência que faz as comparações do seguro mas o seguro mesmo foi pela Sompo Seguros, uma empresa bem renomada no mercado. Apesar de nosso cartão de crédito já nos disponibilizar o seguro viagem, mesmo assim preferimos fazer a contratação do seguro por fora. Vale a dica, mesmo que seu cartão disponibilize o seguro viagem você precisa entrar em contato com seu cartão, geralmente pelo site do benefício e fazer o seu bilhete anual do seguro viagem para que ele esteja disponível. O mesmo acontece para a garantia estendida, seguro de aluguel de carro. Isso acontece em vários cartões, então é bom se certificar com seu banco. O total que gastamos com o seguro viagem foi de R$ 114,10 por pessoa.

O aluguel do carro fizemos através da comparação de preços da rentalcars fizemos a comparação de preços e a contratação através desse site que está no link. Também existe uma outra empresa com o nome parecido que faz o mesmo serviço, é a rentcars. A empresa que alugamos o carro foi a europcar. Pegamos o carro em Porto e devolvemos em Lisboa, foi tudo tranquilo, o carro era grande e espaçoso, coube todo mundo e as malas, o único problema que tivemos foi que tínhamos feito a compra do seguro pela rentalcars e por causa disso na hora de pegar o carro eles queriam fazer um calção de R$ 12.000,00 no meu cartão, coisa que se tivéssemos feito o seguro pela própria europcar não precisaria. Mas foi fácil de resolver, lá mesmo na empresa eles fizeram a ligação para a rentalcars, pediram o reembolso do meu seguro e a gente fez o seguro pela própria europcar. O total do aluguel do carro ficou em R$ 300,00 por pessoa.

Dessa forma, o total que gastamos com passagens, hospedagens, aluguel de carro, seguro viagem e ingressos foi R$ 6.797,39 por pessoa. Ainda teve o dinheiro que reservamos para o nosso dia a dia R$ 4.000,00 (equivalente a U$$ 75,00 por dia).

De modo que o total da viagem ficou em R$ 10.797,39 por pessoa, sendo que quando voltamos para o Brasil ainda tínhamos uma boa quantidade de euros que não precisamos utilizar na viagem, e já ficaram reservados para a viagem que veio a seguir, a Ásia Trip.

Voos e Conexões

Nosso voo para Paris saia de Salvador às 22h45, mas mesmo assim decidimos sair de Aracaju de manhã cedo, às 9 horas, pois tínhamos 4 horas de viagem de carro pela frente, e não queríamos arriscar contratempos. Como íamos de carro para Salvador, ficou decidido que cada um iria levar uma mala média para caber tanto no carro indo para Salvador, como no carro em Portugal. Enfim, após pararmos para almoçar em Imbassaí, chegamos em Salvador próximo das 14h e fomos passear no shopping para passar o tempo, deixamos o carro na casa de minha irmã e depois fomos para o aeroporto, próximo das 18h.

Voamos pela empresa Air Europa, fizemos conexão no aeroporto de Barajas em Madrid, é um aeroporto bem grande, então é aconselhável que você tenha umas 2h de conexão para que a faça com tranquilidade e sem muita correria. Não houve atrasos no voo nem problemas com a conexão. A empresa é razoável, o avião tinha entretenimento médio, espaço na classe econômica médio e alimentação foi boa. Fizemos um total de 13 horas de viagem, sendo aproximadamente 2 horas somente de conexão conexão.

O voo de Paris para Porto foi pela empresa Air France, foi um voo direto muito bom, rápido e vazio, um voo de aproximadamente 1h30, tão rápido que nem precisamos utilizar muito o entretenimento do avião, mas tinha telas novas e bom conteúdo.

A volta para o Brasil foi um terror. Viemos pela empresa TAP e foi tudo muito ruim. Primeiro que quando compramos a passagem pela Decolar, dizia que tínhamos direito a despachar uma bagagem de até 23Kg, que depois foi cobrado por fora pela TAP, além disso deu problema no avião antes de decolar e foi efetuado a troca do mesmo. A aeronave que fomos parecia um “teco teco”, era pequena, desconfortável, mal dava para sentar nos assentos, imagine comer. A viagem parecia interminável e durou aproximadamente 9 horas sem conexão. Foi o pior percurso de avião que já fizemos. Achando pouco pegamos umas 3 horas de turbulência sem parar, fiquei enjoada, vomitei, e a aeromoça não deixava nem Luam se levantar pera pegar minha medicação de enjôo. Demos muito azar nesse voo, mas pelo menos chegamos inteiros ao nosso destino. E como sempre como muitas fotos, boas memórias e muita história para contar.

Como chegamos em Salvador por volta das 23h, preferimos dormir em um hotel e pegar a estrada de volta para Aracaju somente no outro dia. Isso foi uma boa decisão, pois pudemos descansar bem, e no outro dia ainda deu tempo para um banho de piscina, e de novamente almoçar em Imbassaí, no Restaurante do Ceguinho, que é sempre parada obrigatória quando fazemos esse trajeto, sempre que tiverem oportunidade vale a pena comer uma muqueca de polvo com camarão por lá. É uma delícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.