Tokyo DisneySea

Se estiver em viagem pela Ásia e nos perguntar que parque não pode faltar em seu roteiro, com certeza responderemos o Tokyo DisneySea. É um parque da Disney completamente diferente de todos os outros, só para começar, aqui não tem castelo, seu destaque é um grande globo logo em sua entrada, e como destaque central um enorme vulcão, que fez por outra chega até a soltar fogo e emitir sons como se realmente fosse entrar em erupção. O parque tem em seu conceito de estrutura, uma volta ao mundo através dos oceanos. Essa temática é exclusiva do DisneySea.

Os ingressos do DisneySea e Tokyo Disneyland podem ser comprados pelo site oficial da Disney no Japão https://www.tokyodisneyresort.jp/en/index.html. Nós adquirimos ingressos para dois dias. É importante ressaltar que na hora da compra já é preciso definir o dia que você irá, não havendo possibilidade de mudar essa data posteriormente. Na Disney Tokyo também não é possível comprar ingressos para dois parques no mesmo dia, para isso é preciso comprar os ingressos individualmente, mas não recomendo, primeiro pelo valor, e depois porque não vai conseguir aproveitar nenhum dos dois parques, já que estão sempre lotados.

O parque fica localizado em  Urayasu, aproximadamente a 50 minutos de Tóquio. Como nosso hotel, o East 21, disponibilizava transporte para os parques, não tivemos trabalho algum com a locomoção, fomos num ônibus super confortável e com direito a um pequeno mimo do hotel, um pacotinho cheio de petiscos e docinhos, isso nos salvou durante o dia, mais a frente explico o porque.

Vários hotéis em Tóquio oferecem esse serviço de translado, caso o seu não tenha essa opção, basta pegar o metrô para a estação Maihama, que é a estação da Disney Resort.

O horário do parque pode variar de acordo com a época, quando fomos, no inverno, abria às 9h da manhã e encerrava às 19h. A fila da entrada é gigante, enquanto espera, aproveite para observar como os japoneses vestem, literalmente, a magia Disney. Por lá, além das famosas orelhas do Mickey, é possível encontrar adereços de vários personagens, e as pessoas costumam estar caracterizados da cabeça aos pés. Outra coisa bacana, é que eles costumam formar grupos com vestimentas iguais, sempre com muito brilho e detalhes. Dizem que o DisneySea é um parque adulto, mas a verdade é que os adolescentes são seu maior público.

Sobre alimentação, foi ai que o presentinho do hotel fez a diferença em nossas vidas, durante todo o dia fomos beliscando os petiscos que ganhamos do hotel para enganar a fome, pois os restaurantes são extremamente lotados, a ponto de não conseguir entrar, já os quiosques de comida que ficam espalhados pelo parque tem filas gigantescas. É bem complicado conseguir fazer alguma refeição por lá. De toda forma enfrentamos a fila de um dos quiosques pois queria muito um balde de pipoca do Mickey, os baldes de lá costumam ser bem diferentes, esse que comprei fica em frente a área Arabian Coast, e a pipoca tem um sabor de curry, bem gostosa. Só conseguimos almoçar umas 16h da tarde, no restaurante Bayside Takeout, na área Port Discovery.

O DisneySea é dividido em sete áreas, e todos costumam ser bem lotadas, aqui nossa estratégia de correr para a atração que tínhamos mais interesse, a Jorney to the Center of the Earth, não funcionou, pois já estava com 75 minutos de fila. É possível pegar o Fast Pass para algumas atrações. Diferentemente de Orlando, onde o Fast Pass pode ser agendado por aplicativo, aqui você retira o ticket nas máquinas que ficam sempre perto da atração desejada, mas nem sempre é possível conseguir, pois eles costumam se esgotar antes mesmo das 10h da manhã.

Áreas e Atrações do DisneySea

Mediterranean Harbor

  • Soaring: Fantastic Flight – Essa atração foi inaugurada pouco tempo depois de termos visitado o parque. Assemelha-se a de Orlando, onde através de um simulador extremamente realista, você sobrevoa alguns dos monumentos históricos e naturais de todo o mundo. É possível tentar pegar Fast Pass.
  • Fortress Explorations – Um passeio a pé por um forte medieval, onde é possível manusear canhões, aparelhos náuticos e ver exposições da época.

Essa área tem sua temática toda inspirada em Veneza, de forma que é possível até realizar um passeio de gôndola na atração Venetian Gondolas, ou se preferir, um passeio num barco a vapor na Transit Steamer Line.

Port Discovery

  • DisneySea Electric Railway – Uma espécie de trenzinho que te leva de um porto para outro enquanto aprecia a bela paisagem do parque. Estava sem fila alguma, e na verdade achávamos que era apenas um local para foto, de forma que não fizemos o passeio.
  • Nemo & Friends Sea Rider – Principal atração da área, e também a de maior fila, tentamos fast pass mas já estava esgotado, por isso não a fizemos Aqui um simulador te leva a um passeio ao fundo do mar com o Nemo, a Dory e todos os seus amigos.
  • Aquatopia – Barquinhos que percorrem um rio girando de forma imprevisível. Lembram aquelas xícaras giratórias. Nós não fizemos porque estava muito frio, e tivemos medo de nos molhar rsrs.

Mysterious Island

  • Jorney to the Center of the Earth – Montanha russa que passeia por um cenário subterrâneo, que imita o centro da terra. Na caminho o carrinho passa por alguns monstrinhos, oscilando a velocidade, mas longe de ser radical, apenas em seu final temos uma boa surpresa.
  • 20.000 Leagues Under the Sea – Explore as profundezas do oceano dentro de uma pequena cabine de um submarino. É uma atração mais infantil, mas pode assustar se você tiver medo de lugares fechados.

Essa área só conta com essas atrações, sendo a única que conseguimos pegar fast pass para as duas. O legal daqui é que a Mysterious Island é toda envolvida pelo vulcão do parque, sendo a Jorney to the Center of the Earth dentro dele. Aqui também é possível encontrar o simpático personagem Remy, do filme Ratatouille.

Mermaid Lagoon

Área totalmente dedicada a Pequena Sereia e o reino de Tritão, as atrações são todas voltadas para o púbico infantil, mas se você for fã da Ariel, como eu, não pode sair sem uma visita a esse local, que é tão perfeitamente cheio de detalhes do filme.

  • Mermaid Lagoon Theater (King Triton’s Concert) – Única atração que fomos, esperamos apenas 15 minutinhos de fila. Um show teatral e musical, sobre o famoso concerto do Rei Tritão, onde Ariel simplesmente some. Há várias canções e cenas clássicas do filme.É bem bonito e muito bem feito.
  • Flounder’s Flying Fish Coaster – Montanha russa, não radical, a bordo de um peixinho voador.

Há ainda várias outras atrações nessa área, como carrinhos que giram, carrossel, e playground, todos com a temática da Pequena Sereia. Certamente se estiver com crianças pequenas passará um tempinho aqui.

Arabian Coast

  • Sindbad’s Storybook Voyage – Passeio num barquinho onde é contada a história de Simbá. Vale lembrar que os áudios são em japonês, então se não entender a língua, nem o contexto da história, talvez não seja muito vantajoso perder tempo na fila para esse tipo de atração.
  • Magic Lamp Theater – Um show de mágicas em 3D com o Gênio do Aladdin. Essa atração possui Fast Pass.

Nessa área há ainda um enorme carrossel de dois andares, que fica dentro do castelo de Agrabah. E também o tradicional Jasmine’s Flying Carpets, um carrossel a bordo do tapete mágico, atração bem conhecida no Magic Kingdom. Aqui também é possível encontrar personagens passeando e tirando foto com as pessoas.

Lost River Delta

  • Indiana Jones Adventure: Temple of the Crystal Skull – Uma aventura pelo cenário do filme. Em uma carrinho você faz um passeio cheio de perigos e desafios. Não chega a ser radical, mas é muito realista, para mim uma atração imperdível do parque. Aqui também é possível tentar Fast Pass, mas também se pode ir de Single Rider, então escolhemos a segunda opção e rapidinho fizemos essa atração.
  • Raging Spirits – Um montanha russa de madeira, seu trajeto é feito entre ruínas com direito a um looping. Também possui Fast Pass, como não conseguimos, não quisemos encarar fila gigantesca.

A área ambientada num universo de aventura das antigas civilizações, conta ainda com o Transit Steamer Line, um passeio em um barco a vapor que percorre todo o parque. Aqui também é o local oficial de fotos com personagens como Mickey, Minnie, Pateta e o Pato Donald. Para o encontro com eles é preciso pegar fila, mas se tiver sorte, como nós, é possível encontrar alguns personagens caminhando por lá aleatoriamente. Encontramos os queridos personagens de “The Three Caballeros”, o Panchito, e nosso amado conterrâneo o Zé Carioca.

American Waterfront

  • Tower Off Terror – Esta tão tradicional atração de outros parques Disney, também se faz presente aqui no DisneySea. O elevador que despenca do topo do prédio, é uma das atrações mais disputadas, estava com 95 minutos de fila, como já tínhamos feito em outros parques, decidimos não ir. Tente pegar o Fast Pass cedinho e embarque nessa clássica experiência de terror.
  • Turtle Talk – Através de um simulador a tartaruga Crush, do filme Procurando Nemo, interage com o público. É uma conversa em japonês, então, novamente, se você não entende a língua não vale a pena.
  • Toy Story Mania – Atração semelhante a do Buzz em Orlando, onde você precisa acertar os alvos que aparecem no caminho.

Da American Waterfront também é possível fazer os passeios DisneySea Transit Steamer Line e Electric Railway, que falamos anteriormente.

Essa área é sem dúvida a mais bonita, uma região portuária com direito até a um enorme navio atracado, o Columbia. Nele se encontra um luxuoso restaurante, é preciso reserva antecipada se quiser fazer sua refeição por lá.

Caminhando por essa área, também encontra-se uma pequena cidade toda dedicada ao Duffy, o ursinho de pelúcia do Mickey, no Japão ele consegue ser bem mais popular que seu dono. É muito comum ver pessoas carregando seus Duffy’s para passear no parque, acredito que é o que mais vende por lá.

Sendo esta parte central do parque, é aqui também onde acontecem vários shows e paradas, infelizmente só conseguimos ver o finalzinho da parada do Relâmpago McQueen. O ideal é olhar a programação no site oficial e verificar tudo que vai acontecer no dia que você estiver por lá.

Aproveite e conheça também as diversas lojas dessa região, os produtos vendidos no Japão são por muitas vezes exclusivos, e é impressionante a quantidade de coisas diferentes que você encontra lá.

Show Noturno – Fantasmic

A tarde, quando começa a escurecer, o Monte Prometheus, o vulcão, fica ainda mais real, pois suas labaredas são intensificadas, e os sons que saem dele são assustadores.

É nessa hora que as pessoas começam a procurar um local estratégico para assistirem ao show de fogos noturno, o Fantasmic. Semelhante ao show do Hollywood Studios em Orlando, o espetáculo do DisneySea acontece em frente ao vulcão, o que o torna ainda mais incrível. Tente ficar em um local que seja central a entrada principal do parque, ou o mais próximo dessa região, outra dica é ficar colado nas grades que arrodeiam o lago, dessa forma você verá todo o show sem ninguém na sua frente.

O show noturno dos parques no Japão, acontece em dias alternados. Infelizmente quando o ingresso é comprado com antecedência, não tem como saber se no dia escolhido acontecerá o show principal, como falei anteriormente, o dia que consta no ingresso é o dia que necessariamente você precisa ir, não havendo possibilidade de troca. Como compramos os dois parques em dias seguidos, sabíamos que em algum deles assistiríamos o show, e nesse caso demos sorte, pois era justamente o Fantasmic que queríamos ver.

Essa foi nossa experiência nesse parque incrível! Mesmo não fazendo muitas atrações, já valeu a pena pela beleza e pelo ambiente diferenciado do DisneySea.

Lembre-se que você está na Disney, isso já é um grande privilégio, então a dica é não se importar se não conseguir fazer tal atração, não conseguir Fast Pass, ou até mesmo, enfrentar filas gigantes. Leve alguns lanchinhos na bolsa, isso irá ajudar quando precisar esperar nas filas.

Com certeza o DisneySea é o parque Disney que, se tiver oportunidade, não pode deixar de visitar.

Para mais informações sobre o roteiro pelo Japão, Tóquio ou Tokyo Disneyland clique nos links.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.